sábado, 30 de abril de 2016

#livros - One man guy

   Em parte me fez lembrar de Aristóteles e Dante pelo fato de minorias caladas que convivem nos EUA. Também relata como muitos de nós vamos na contramão da norma que a todo dia nos é imposta e o quanto isto é difícil para todos.
   Ser um adolescente de 14 anos prestes a entrar no ensino médio já não é fácil, ainda mais quando se é descendente de armênio e seus pais cobram que os estudos sejam a parte fundamental de sua vida, seu irmão mais velho é excelente em tudo o que faz, não se tem muitos amigos e descobre-se um dia antes de entrar de férias que sua viagem terá que esperar mais um ano, pois seus pais já o inscreveram no curso de reforço de verão.
   Estas cobranças são algumas das poucas que se passará na vida de Alek, no verão mencionado. A sociedade pede para que ele não seja tímido, arrume o cabelo, use roupas mais contemporâneas. Sua família quer exito no curso de verão para que possa cursar turmas especiais no ano seguinte, quer ainda que se comporte como um verdadeiro armênio. Sua melhor amiga, cobra atenção e tempo. E o que ele quer?
   Há muitas partidas em questão. Ainda mais quando se descobre que o cara gato que sempre te chamou atenção é gay e está te convidando para uma vida nova e proibida até então: cabular aula, ir para o lado proibido da cidade, pegar o trem e ir até Nova York. O dilema entre fazer o que aprendeu que era certo e a vontade de experimentar coisas novas está latente.
   Este romance teria tudo para ser mais um mamão com açúcar e bem clichê. Mas nos surpreende positivamente. As relações entre Alek, seu irmão, pais, amiga, colegas da escola, professores, nos encaminham para um lugar comum enquanto o autor nos transporta para outro. Faz parecer que há uma saída no fim do mundo para muitas questões impensáveis dentro da norma.
   A seguir a música de Rufus Wainwright "One man guy" que dá título ao livro. Vale a pensa conferir esta e outras canções deste artista.



4 comentários:

  1. Bacana a sua indicação..

    To precisando ler mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gosta de literatura gay e afins, confira alista que andei fazendo este ano sobre o assunto: http://eugenero.blogspot.com.br/p/livros.html

      Excluir
  2. Sabe que quase comprei este livro há dois dias atrás, porém desisti porque queria ler outros antes. Mas está sim na minha whishlist e depois desta resenha ele subiu de patamar nas minhas prioridades. Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu ego bibliotecário subiu no momento. Vale a pena sim, quando achei que estava cansado de livros sobre adolescentes me encantei por mais um. Mas sinceramente queria ler sobre adultos no momento.
      Eu o vi o "One man guy" em promoção na Fnac Pinheiros com outro título gay na última sexta: http://40.media.tumblr.com/9adb03791cc0fcf311d327031362c036/tumblr_o6epasNIdJ1sgi2xio1_1280.jpg

      Excluir

Agradeço muito a sua participação! Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...